Performance fonética e projecção simultânea — 12 OUT — 20H ÀS 20H30 — CRAA

No arquipélago das palavras,
onde vulcões expelem letras.

Neste acontecimento público realiza-se uma projecção onde dois grupos de palavras remetem para dois universos: em primeiro lugar a escrita, a leitura e a composição tipográfica; em segundo lugar a melodia, o timbre e a composição musical.

Estes dois conjuntos são representados por substantivos e onomatopeias. Através da sua sobreposição criam-se relações e os dois contextos tendem a misturar-se tendo em conta as suas naturais e necessárias relações, deste modo activando a interpretação.

Durante a projecção podemos observar composições gráficas, como ilhas de um arquipélago, onde se utilizou a tipografia Gutenberguiana, recorrendo a caracteres de madeira, para criar impressões, rasuras cromáticas e garatujas magmáticas vivas.

Uma leitura activa e dramatúrgica deste conjunto, enquanto partitura visual ou notação tipográfica, permite a construção de um volume musical que dá espessura à textualidade projectada e enuncia uma sequência de erupções fonéticas e sonoras.

Jorge dos Reis

Foi aprendiz compositor tipógrafo com um primeiro-oficial de tipografia da Imprensa Nacional numa antiga oficina tipográfica do Cais do Sodré. Iniciou o seu percurso projectual colaborando com o designer Robin Fior em Lisboa e estudando tipografia com Alan Kitching em Londres. Estabeleceu-se em atelier próprio em 1996. A sua obra é extensa e diversa. Duas monografias impressas de duas exposições retrospectivas vincam o seu cânone: Fragas Falantes, 20 anos 20 Tipos de Letra (UBI, Covilhã, 2016); Terra Plana, Humanismo e Formalismo, Vinte Anos de Prática Projectual em Design Gráfico (Casa da Cerca, Almada, 2017). Frequentou o Conservatório Nacional na classe de canto de António Wagner estudando com os compositores Jorge Peixinho e Paulo Brandão enquanto se licenciava em Design de Comunicação na FBAUL. Formou-se com um Master of Arts pelo Royal College of Art em Londres; Mestre em Sociologia da Comunicação pelo ISCTE; Doutorado pela Universidade de Lisboa. Actualmente é Professor Auxiliar na Faculdade de Belas-Artes UL onde fundou e dirige o Mestrado em Práticas Tipográficas e Editoriais Contemporâneas. Professor visitante na Norwich University of Arts; Univerza Liubliana; Berlin Universität der Kunste; Weißensee Berlin; Accademia BelleArti Bologna; Aalto University Helsínquia; Tampere University; Karel de Grote University Antuérpia; Marmara Üniversitisi Istambul; Accademia BelleArti Venezia; Politecnico di Milano; Kunst Universität Linz; Hochschule RheinMain; Cardiff University